Conheça os modelos de marketing digital imobiliário - Studio DMS - Agência de Marketing Digital

Conheça os modelos de marketing digital imobiliário

Marketing Digital

Compartilhe:

Definitivamente, não dá mais para ignorar o avanço tecnológico e todas as vantagens que ele nos trouxe, afinal, o processo de digitalização mudou nossos comportamentos, relacionamentos, formas de consumo e, até mesmo, os formatos de publicidade, nos mais diversos mercados, incluindo o imobiliário.

Nesse contexto, é válido destacar que existem diversos tipos de marketing digital para imobiliárias e corretores que desejam expandir seus negócios com o auxílio da internet. Confira a seguir, uma seleção que preparamos dos formatos mais interessantes para esse mercado.

DMS - Emkt - Pacotes - Prancheta 9

Inbound Marketing

O Inbound Marketing busca atrair, envolver e converter clientes por meio de conteúdos relevantes. Também chamado de “Marketing de atração” neste formato, não é você que procura por interessados em comprar casas em Londrina ou terrenos, são eles que vão até você. Geralmente, as empresas que adotam esse tipo de estratégia contam com um blog ou canal específico para divulgar conteúdos exclusivos e relacionados ao seu segmento. No caso do mercado imobiliário, por exemplo, as postagens podem conter dicas sobre como encontrar a propriedade ideal, como saber se a sua negociação é segura, etc.

Marketing digital imobiliário: marketing de conteúdo

Inserido no inbound marketing, o Marketing de conteúdo envolve a criação de conteúdos relevantes para solucionar um problema ou resolver uma dor do usuário, para então, atraí-lo, educá-lo e gerar, nos possíveis interessados, uma percepção positiva da marca.

Para isso, é preciso, antes de mais nada, oferecer conteúdos de qualidade, focados na realidade do seu público-alvo e depois, distribuí-los em formatos variados como vídeos, lives, infográficos, e-books e muito mais.

E-mail marketing

De fato, o e-mail marketing é uma excelente ferramenta para as empresas atraírem seus potenciais clientes. Embora muitas pessoas acreditem que esse formato está defasado desde a chegada das redes sociais, uma pesquisa recente constatou que o e-mail ainda é utilizado por 92% dos adultos on-line e por 2,9 bilhões de usuários em todo o mundo. Contudo, para obter sucesso nesse tipo de marketing digital imobiliário, é fundamental conhecer as boas práticas, oferecer um conteúdo atrativo e dominar a anatomia ideal.

Marketing de Busca

Também conhecido pela sigla SEM (Search Engine Marketing), o Marketing de Busca envolve todas as estratégias focadas nos buscadores, como o Google, o Yahoo! e o Bling. O principal objetivo desse formato de marketing é fazer com que a sua marca seja encontrada sempre que um usuário buscar por qualquer produto ou solução que você oferece, no caso do mercado imobiliário, os usuários buscam, por exemplo, por apartamento à venda em Londrina, casa para alugar, salas comerciais, etc.

O Marketing de Busca é dividido em duas vertentes: a busca orgânica (focada em estratégias SEO e no bom posicionamento orgânico nos buscadores e os links patrocinados (que envolvem uma categoria de resultados pagos, onde a empresa destina uma quantia para que um produto ou serviço alcance as primeiras posições nos resultados de busca).

Marketing digital imobiliário: Redes Sociais

Um dos formatos mais conhecidos atualmente, no marketing digital imobiliário para redes sociais envolve um conjunto de estratégias que devem ser aplicadas nas mídias de relacionamento.
Para começar a adotar, é preciso criar uma conta comercial nas redes sociais mais utilizadas como Facebook, Instagram, WhatsApp, YouTube e LinkedIn e então, divulgar conteúdo relevante para “fisgar” os interessados e potenciais clientes.

Remarketing no marketing digital imobiliário

Focado, principalmente, na conversão de clientes, a função do remarketing é impactar novamente uma pessoa que já se interessou pelo seu produto recentemente. Esse tipo de estratégia é aplicada quando o usuário visita um site e chega bem perto de realizar a compra mas, por algum motivo, abandona o ambiente digital. Nesse contexto, entra o remarketing, que passa a “perseguir” o usuário com anúncios do produto visualizado para incentivá-lo a realizar a compra.

Marketing de Relacionamento

Por fim, o Marketing de Relacionamento é essencial para o cenário imobiliário, afinal, esse formato foca na manutenção de um relacionamento positivo com os clientes antes, durante e após a venda de um imóvel. O maior princípio dessa estratégia é fidelizar o consumidor e gerar confiança, para que ele possa comprar novamente ou indicar o seu negócio para outros interessados.
Para isso, é preciso apostar em uma equipe dedicada e contar com um processo eficiente no pós-vendas.

Gostou de descobrir alguns tipos de marketing digital imobiliário? Se esse artigo foi interessante para você, aproveite e compartilhe-o em suas redes sociais.

Atendimento Studio DMS