Marketing digital de performance: use os dados ao seu favor - Studio DMS - Agência de Marketing Digital
Mkt de performance

Marketing digital de performance: use os dados ao seu favor

Marketing Digital

Compartilhe:

Você já ouviu falar em marketing digital de performance? Para explicar este conceito precisamos voltar há alguns anos, quando a mídia tradicional ainda dominava as estratégias de publicidade e as empresas investiam em propagandas televisivas e radiofônicas, espaços nos jornais e em revistas.

Apesar do investimento, a única forma de medir se o marketing realizado realmente havia atingido o efeito esperado era analisar se as vendas aumentaram no período em que os anúncios estavam em circulação.

Com o marketing digital de performance isso mudou, ele também está diretamente ligado aos anúncios, mas, nas plataformas digitais. Então, é possível saber quantas pessoas visualizaram os anúncios, quantas clicaram e quantas converteram, ou seja, quantas fizeram uma compra.

Para entender mais sobre o marketing digital de performance e como usar os dados a seu favor, continue acompanhando o nosso blog.

Desvendando o marketing digital de performance: por onde começar?

Aqui temos dois cenários: quem não investe em anúncios e quem já investe, mas não tem os resultados esperados. Confira os próximos tópicos.

Eu ainda não invisto em anúncios

Os anúncios são excelentes aliados da sua empresa para fortalecer a marca e conquistar mais vendas. Dessa forma, como você ainda não investe nesta estratégia, precisa definir algumas coisas para começar:

– Qual quantia você pode investir mensalmente?

– Quem são as pessoas que deseja atingir com os anúncios?

– Qual o seu principal objetivo: gerar tráfego no seu site ou conquistar mais conversões?

– Qual formato utilizar: pesquisa, display, vídeo, shopping, criativo no Facebook.

Todas as respostas para essas perguntas são importantes para que você não caía na ideia de que basta investir e todo o resto estará resolvido, é importante pensar estrategicamente, para que você realmente enxergue retorno sobre o seu investimento.

Por isso, é muito importante planejar quanto você pretende e pode gastar todos os meses e ter em mente que não basta fazer anúncios apenas uma vez, o trabalho precisa ser constante.

Para saber mais sobre os anúncios e a sua importância para o marketing digital de performance, você precisa ler o blog que preparamos.

Eu já invisto em anúncios

Como você já investe em anúncios, sabe o poder que eles têm para uma empresa. Entretanto, um dos principais objetivos do marketing digital de performance é para que você olhe os números, entenda os dados atuais e descubra estratégias para melhorá-los.

Além disso, você também precisa definir um objetivo antes de começar a utilizar as estratégias de performance:

– Reduzir o CPC;

– Aumentar o número de leads gerados;

– Aumentar a taxa de cliques.

Primeiramente, o ideal é entender o que os dados estão falando para você e descobrir o que mais faz sentido no seu planejamento estratégico.

Marketing digital de performance: teste as plataformas!

Parte importante também do marketing digital de performance é testar as diferentes plataformas existentes para a produção de anúncios. Hoje, as principais são Facebook ADS e Google ADS.

Você pode publicar a mesma campanha nas duas plataformas e entender qual delas mais traz resultados para você, assim, consegue entender onde está o seu público, para aperfeiçoar cada vez mais a maneira como se comunica com ele.

LinkedIn ADS

Hoje, o LinkedIn ADS também é uma plataforma que vem ganhando destaque. Mas, diferente das outras duas, é voltada para empresas B2B, e o pagamento só pode ser feito com cartão ou por faturamento, em dólares.

Por que o marketing digital de performance é importante?

Os dados estão diretamente ligados aos resultados. Assim, para saber se eles estão sendo satisfatórios, é preciso mensurar os indicadores apresentados pelas plataformas de anúncios.

Como falamos lá no início, se você investe em mídia tradicional, não sabe quantas pessoas foram impactadas com o seu anúncio e quantas realmente compraram porque viram o anúncio, já que a mensagem é enviada para um grande número de pessoas, inclusive aquelas que não fazem parte do seu público-alvo.

Segmentação importa no marketing digital de performance!

Quando se usa o marketing digital de performance, as campanhas são segmentadas, feitas especialmente para a sua persona, para atrair mais clientes.

Ou seja, você pode adicionar o máximo de informações possíveis:

– Em quais cidades o anúncio deve aparecer;

– Gênero e qual a idade das pessoas para quem o anúncio deve ser direcionado;

– Qual o estado civil;

– Quais os principais interesses da sua persona.

Além disso, quando os anúncios são feitos pelo Google ADS, é possível definir quais palavras-chave a sua persona procura, para que, quando elas pesquisarem por determinado termo, o seu anúncio apareça. Por exemplo: loja de roupas femininas.

Após essa segmentação e o anúncio rodar por alguns dias, você terá informações como:

– Quantas pessoas clicaram no anúncio;

– Aumento do tráfego no site;

– Porcentagem de conversão em vendas;

– Qual foi o valor do clique.

É importante entender os dados, pois assim, você saberá o que fazer nas próximas campanhas, se pode continuar na mesma linha de abordagem ou quais são os pontos de melhoria.

Posicionamentos manuais

Quando falamos em Facebook, a plataforma de ADS oferece a opção de selecionar manualmente os posicionamentos em que o seu anúncio deve aparecer, assim, você pode testar novas abordagens e entender se elas fazem sentindo para o seu produto, como os anúncios na caixa de mensagem do Messenger, ou continuar nos mais tradicionais: feeds e stories do Facebook e Instagram.

Faça dos dados os seus melhores amigos digitais

Como você já percebeu, o marketing digital de performance faz parte de uma parcela muito técnica do mundo digital. Mas, isso não significa que ela precisa ser um mistério para você e o seu negócio. A intenção é justamente a contrária: usar os dados para favorecer as suas estratégias. Por isso, separamos algumas principais métricas que você precisa ficar de olho:

Visitas ao seu site é um importante fator para o marketing digital de performance

Normalmente, os anúncios configurados para tráfego, são enviados para o seu site. Nos resultados é possível visualizar o número de visitantes. O indicador é importante, pois ajuda você a entender se seu conteúdo é interessante e, principalmente, relevante para a sua persona.

Você também pode analisar o número individual de pesquisas e descobrir quais são os posts com mais acessos e os menos acessados. Essas informações são relevantes para que você entenda o que fazer e o que não fazer. Lembre-se: você não produz conteúdo para a sua empresa, você produz para a sua audiência.

Marketing digital de performance: meça o tempo de visita do seu site

Este é outro fator importante para analisar! Se seu conteúdo for pouco relevante, o visitante vai sair muito rápido do seu site, sem nem ter visitado outras páginas. Isso é muito prejudicial para o seu bolso, afinal, o Google rankeia os melhores anúncios, para garantir que eles apareçam primeiro na fila.

Dessa forma, se uma pessoa clica no seu anúncio, mas saí logo da página porque não encontrou o que queria, ou seja, não interage, a plataforma entende que a qualidade do seu anúncio não está boa, afetando diretamente o seu anúncio e o valor dele. Quanto menor for a qualidade, mais caro será o custo por clique.

Taxa de cliques (CTR)

Se seu público-alvo são mulheres interessadas em roupas para academia, não adianta você falar com elas como se falasse com homens interessados em equipamentos de pesca. Esses fatores são essenciais para ter uma taxa de cliques relevante.

O que isso representa? A eficiência do seu anúncio, já que apresenta os dados de quantas pessoas chegam até a sua página de destino, seja uma parte do seu site ou uma landing page. Com base nessa métrica você pode avaliar quais palavras-chave estão funcionando, quais textos mais convertem em clique, etc.

Custo por clique (CPC)

Você leu há pouco sobre custo por clique. Para entender essa métrica não tem muito segredo: ela mostra qual valor você paga por cada clique que seu anúncio recebe.

É importante acompanhar essa métrica para descobrir qual estratégia de anúncio é mais relevante para o seu público.

Custo por lead (CPL)

Por trás da estratégia, o objetivo é claro: conquistar mais leads e mais vendas. Por isso, é importante saber qual valor sua empresa paga para adquirir novas oportunidades e para controlar o seu orçamento. Afinal, se a sua capacidade para investir mensalmente é R$ 1.500 e você estiver gastando R$ 2.000, significa que algo está errado.

Números muito altos para adquirir novos leads mostram que você está gastando muito para conquistar novas oportunidades, então, é preciso rever a estratégia e tentar baixar o valor o máximo possível.

Taxa de conversão

Se o objetivo é gerar mais vendas, você precisa de conversões. Quando um usuário acessa e gosta do seu site, há a possibilidade de que se ele voltar outras vezes, se cadastre na sua lista de e-mails, baixe um e-book/guia ou compre um produto. Então, todos esses passos importam para a taxa de conversão.

Se a taxa for baixa, busque os empecilhos, como design ou usabilidade do site.

Retorno sobre investimento (ROI)

De nada adianta investir e não ter retorno e, pior de tudo, ter apenas prejuízos. Por isso, é muito importante calcular o ROI, essa métrica vai mostrar exatamente qual lucro você teve com os seus anúncios.

Confira o vídeo:

Custo por aquisição de cliente (CAC)

Em um negócio, existem diversos tipos de custos. Um deles é para adquirir clientes. Nesse sentido, é importante que você defina um período para revisar o seu CAC. Analise: quais suas despesas com publicidade, salário da equipe, etc.

Você deve fazer um comparativo de todos os custos com o número de novas vendas. Assim, saberá se sua operação está lucrativa ou se precisa de melhorias, bem como quais são os produtos que mais vendem.

Principais benefícios de utilizar o marketing digital de performance

A grande vantagem das plataformas de ads é que você sabe como as suas campanhas estão. Todos os resultados são acessados por você a qualquer momento, para que você veja o que precisa ser melhorado ou mantido. Mas, além disso, existem outros benefícios de utilizar o marketing digital de performance:

– Construção da sua marca nas redes e conquistar autoridade em assuntos do qual seu nicho faz parte;

– Tornar seu negócio e seus serviços mais conhecidos por diferentes pessoas;

– Investir tempo na produção de conteúdos realmente relevantes para a sua persona;

– Aumento nas métricas de conversão;

– Fidelização de clientes, tanto atuais, como novos clientes.

Marketing digital de performance: use os dados ao seu favor!

Por fim, como falamos no título deste blog, o marketing digital de performance existe para ajudar você a utilizar os dados a seu favor.

Assim, com as informações corretas de como está o andamento das suas estratégias digitais, você tem a possibilidade de testar novas estratégias, continuar realizando ações que geram conversões, entender em qual parte do seu processo há um gargalo e otimizar seus custos, para atingir melhores resultados.

Então, ao analisar seus resultados, não se esqueça das principais metas que apresentamos aqui:

– Visitas ao site;

– Tempo de visita;

– CTR;

– CPC;

– CPL;

– Taxa de conversão;

– ROI;

– CAC.

Todas elas dão o norte para você entender os seus resultados. Entretanto, lembre-se também: trabalhar com digital é um processo que leva tempo, exige muito planejamento e muita estratégia. Assim, para colher bons frutos, é preciso conhecer seu público, entender os gostos e realizar testes, para investir na melhor estratégia e na que melhor agrega valor para a sua persona.

Atendimento Studio DMS